Ecumenismo

Após 962 anos de separação, o encontro histórico entre o Papa Francisco e o Patriarca Kirill, primaz da Igreja Ortodoxa Russa, em 2016, permanece como exemplo inspirador para a semana da unidade dos cristãos que mundialmente se celebra em Janeiro. 

Respondendo ao apelo formulado por São João Paulo II, o empenho ecuménico na paróquia de Paço de Arcos visa aprofundar o diálogo entre cristãos (católicos, ortodoxos, protestantes) que professam a fé em Jesus Cristo, na Santíssima Trindade, no Mistério Pascal e na Redenção.

Entre outras atividades, o grupo paroquial do ecumenismo organiza uma celebração eucarística anual que, com um rito próprio, proporciona uma sã convivência entre as diferentes sensibilidades cristãs, projetando para o futuro, que se deseja próximo, a reconstrução da Igreja Universal forjada no reconhecimento de “um só Senhor”, na profissão de “uma só Fé” e na admissão de “um só Batismo”.